Quem pode fundar uma ONG? Tire suas dúvidas

Você já deve ter notado em anúncios da internet, comerciais de televisão e cartazes pela sua cidade que existem algumas ONGs em ação para a ajudar causas sociais. As ONGs têm um papel social muito importante e podem ajudar milhares de pessoas e até o meio ambiente. Mas afinal, quem pode começar uma proposta como esta? Leia o texto a seguir e esclareça as suas dúvidas.

O que é uma ONG?

ONG é a sigla para organização não governamental e visa auxiliar uma causa social em busca de melhorias ou soluções. Esta proposta não possui fins lucrativos e o seu maior objetivo é propor auxílio para a sociedade. Apesar de servir diretamente ao poder público, ou seja, a sociedade em geral, a ONG não é realmente pública, pois sempre há uma equipe por trás de cada causa.

As ONGs podem atuar em diversos locais diferentes e pelas mais variadas causas. Geralmente, a sua atuação está relacionada com a educação, a saúde,  o apoio psicológico, o letramento literário, o combate à fome, a defesa dos direitos humanos e muitas outras propostas tão importantes.

As iniciativas dessas associações são facilmente voltadas para grupos considerados “excluídos” pela sociedade. O papel da ONG é buscar auxiliar pessoas, animais ou causas.

Como funciona uma ONG?

A ONG age a favor da sociedade através de palestras, projetos sociais, auxilio de necessidades básicas, orientação jurídica e psicológica, servios gerais e muitos outros tipos de auxílio.

Como não tem fins lucrativos, a ONG é mantida por doações e financiamento privado. Muitas associações e fundações contam com a participação de empresas.

Pessoas físicas, além de participar com doações, podem se tornar parceiros da causa e quanto mais a ideia for disseminada, mais apoio financeiro ela irá receber e mais causas sociais poderá ajudar.

Quem pode fundar uma ONG?

Como você conferiu, a ONG funciona a favor do poder público, mas é importante ressaltar que esta é uma iniciativa privada. Então, quem será que pode começar uma proposta como esta?

Para dar incio a uma ONG, o mais recomendado é se filiar a uma associação ou fundação. Desta forma, você pode redigir a sua proposta corretamente, esclarecendo tudo em documentos. Em seguida, é necessário ir até o Cartório para registrar o seu requerimento.

Vale lembrar que a pessoa que for registrar a sua ONG em Cartório, possua Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e esteja portando um regulamento oficial, explicando o funcionamento da sua proposta.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *